Calcas academia legging fitness

sábado, 22 de agosto de 2009

Musculação: 3 principais métodos de treinamento

Existem três princípios ou “filosofias” de treinamento que a maioria dos bodybuilders que tenho conhecimento, sendo atletas de competição, profissionais ou não, utilizam:

Joe Weider > Arnold

Joe Weider, 88 anos, é o co-fundador da IFBB, que foi também criada pelo seu irmão recentemente falecido Ben Weider. Criou diversas competições de fisiculturismo, com destaque para o Mr. Olympia e Ms. Olympia. É proprietário de revistas de fisiculturismo e fitness: Muscle & Fitness, Flex, Men’s Fitness e Shape e ainda tem a marca Weider de suplementos alimentares. Contrariamente a crença popular, Joe Weider não inventou os “princípios de treinamento Weider”. Estes são métodos e técnicas de musculação muito conhecidas, testadas e comprovadas (iniciadas por Vince Gironda, quem quiser pode pesquisar mais profundamente). No entanto, a sua contribuição para estes princípios, foi catalogá-los e fornecer definições para cada um.

Utilizei como referência o Arnold Schwarzenegger, mas além dele muitos também faziam uso, talvez por ser o método mais popular da época e por trazer resultados fantásticos. Basicamente os treinos são longos, os músculos são treinados de duas a três vezes por semana e treina-se todos os dias, de Segunda a Sábado, com vários exercícios para cada grupo, cerca de 5-6 para os músculos grandes e 3-4 para os pequenos, com uma média de 4 séries por exercício.

Arthur Jones > Mike Mentzer > Dorian Yates

Certamente entre estes 3 ícones vamos encontrar muitas diferenças, mas os sistemas de treinamento não deixam de estar no mesmo grupo porque são métodos focados em treinos de alta intensidade e derivados de uma idéia base. As idéias de Arthur Jones colocaram teorias inovadoras em relação a musculação e ao treinamento com pesos. Diferente do sistema utilizado por Arnold Schwarzenegger, que envolvia horas na academia, sendo: curto, com séries únicas e com a máxima intensidade.

Segundo a teoria, isto desencadeia o crescimento muscular máximo. Embora creditada ajudando vários bodybuilders de alto nível de forma significativa em ganhos de dimensão e força, o “High Intensity Training” - o HIT, não é universalmente reconhecido como o melhor método de treinamento. Famosos que seguiram as regras de Jones incluem Casey Viator, Mike Mentzer, Sergio Oliva e Dorian Yates.

Temos muitos exemplos de pessoas que treinaram e treinam desta forma, no caso do Dorian, o treino era geralmente 4 vezes na semana, 1 grupo por dia, tem alguns dias que treinava 2 grupos, e sempre ia diminuindo o número de séries no decorrer do treino: O primeiro exercício 3 séries, o segundo duas séries e o último apenas uma série. Para grupos grandes realizava dois exercícios com 3 séries.

Uma das principais características do HIT é prezar a intensidade e cadência do movimento 2-1-4, do que as cargas, como o treinamento Weider.

O treinamento intermediário: Weider – Arthur

Este “meio termo” ou treino intermediário entre as duas principais metodologias citadas acima é utilizado por pessoas que acreditam que nenhum dos extremos é interessante e preferem adaptar o seu treino de uma maneira intermediária. Por exemplo: O pessoal que treina 1 grupo muscular por dia (5 dias na semana juntando bíceps e tríceps em um dia), e faz muitas séries e exercícios, que tem um treino longo, é considerado um meio termo, ou seja, treina-se uma vez na semana o músculo como o Mike, mas executa 5-6 exercícios, 3-4 séries por exercício como o Arnold.

E quem trabalha duas vezes na semana o mesmo grupo muscular e utiliza uma divisão clássica que o Arnold utilizava, como: Peito e Costas / Ombros, Bíceps e Tríceps / Pernas, porém aplica este método com 4 exercícios para os músculos grandes e 3 para os pequenos, realizando 3 séries por exercício, embora esteja mais para o lado do “alto volume” e do Weider, não é exatamente um treinamento específico daquele sistema e também fica no meio termo.

E você, que tipo de treinamento realiza? Em qual sistema acredita mais, e que conseguiu obter maiores resultados?

2 comentários:

Tati disse...

Hmmm, acho que não sigo nenhum dos métodos :) Na verdade estou mais para o Weider-Arnold pois faço vários exercícios para o mesmo grupo muscular mas no máximo 4 ou 5, acho que nunca cheguei a 6. E nem fico horas na academia.
Já vi um vídeo do Mike Mentzer e acho que deve funcionar mas não tenho paciência pra fazer os exercícios devagarinho e é impossível fazer sem um companheiro de treino.
Adorei o post! Beijos!
Tati
http://belezaefitness.wordpress.com

Lucas disse...

Olá,

Parabéns pelo artigo!

É muito bom saber que temos mais pessoas, a cada dia, dedicadas a desenvolver temas sobre nutrição, boa forma e saúde na internet.

Certamente, informações muito úteis.


Gostaríamos de fazer um convite para visitar nosso sítio, quando tiver um tempo:
http://companhiadanutricao.com.br (opção PORTAL)

Felicidades para você e seus leitores!

Equipe Companhia da Nutrição
Valorizando os profissionais de saúde